"Lute pelo que você acredita ser o certo. E não se curve por algo que não ache justo e lembre-se os maiores amores e as maiores conquistas evoluem os maiores riscos!!!

domingo, 13 de novembro de 2011

A MULHER DO CHEFE







Algum tempo atrás meu antigo chefe tinha o escritório dele montado nos fundos de sua casa...Eu todos os dias ia para lá no começo a mulher dele tinha uma certa implicância comigo me tratava com frieza só falava o necessário e assim por diante...


Em um belo dia fiquei sozinho com ela, então pude perceber que ela me tratava diferente com mais sorrisos e liberdade...

O serviço foi aumentando e ele saia mais vezes para a rua e eu ficava sozinho com ela...a carga de serviço aumentou de um jeito que ele a colocou para trabalhar comigo. Comecei a perceber que suas roupas mudaram, ficaram mais sexys e ousadas...


Um dia fiquei até a noite, por volta das 20 horas ele me ligou e disse que eu tinha que inventar uma historia para ela pois ele ia comer a amante dele..


Tudo bem passei a mentira adiante e ela nem ligou... Saiu e voltou com short bem largo tipo pijama..eu fiquei na minha mesa tranquilo...ela digitava e sempre achava uma coisa para perguntar...e eu tinha q ir até lá e ficava atrás dela mexendo no teclado...

Em algum momento eu falei alguma coisa perto da sua nuca ..pude reparar que ela se arrepiou toda e os bicos de seu seios ficaram bem pontudos...

Sem dúvidas ela é uma mulher muito bonita..seios grandes, uma cor morena cabelos curtos, bumbum redondo, fiquei de pau duro na hora... tentei disfarçar mas estava difícil .qdo a situação estava quase for de controle ele pediu ajuda novamente aí eu peguei minha cadeira coloquei atrás dela e comecei a mexer no teclado...ela começou a indagar várias questões do teclado.. eu lentamente fui explicando e sem querer toquei sua perna...

Pude sentir sua respiração mudar, ficando ofegante... dei um sorriso e ela fechou os olhos...fui levando minha mão pelo shorts e para minha surpresa cadê a calcinha dela ???

Com a outra mão subi pela barriga dela até chegar em seus seios, beijei a orelha dela e comecei a masturbar ela...toda encharcada já,ela ficou fora de sí quase desmaiou apertava minha mão com força e gemia loucamente.

Aqueles momentos pareciam que duraram horas, ela gozou muito parecia urinar... e me pediu para parar. Eu parei e ela me disse que eu estava louco...

Porém também admitiu que ela queria mais... Naquele instante pus o meu pau para fora e quando ela viu ficou doida... começou a chupar feito louca dizendo que estava louca por um pau diferente...ela chupava muito bem...boca macia...falei p parar porque ia gozar...ai ela pegou as duas mãos e segurou meu quadril e apertou contra ela...senti sua garganta e gozei na boca dela loucamente.

... Me recompus mas o danado não ficou mole...pq ela ficou com uma cara de safada p mim lambendo os lábios... peguei ela coloquei em cima da mesa...chupei ela inteira...ela delirava...ai comecei a chupar a xana dela... Com dois dedos dentro e fazendo uma prática que eu domino...ai ela gritava dizendo que estava muito bom...ai ela começou a gozar novamente saindo muito mel e tremia...eu tirei o dedo e continuei chupando...ela endoidecendo..mandou parar e penetra-la...

Coloquei ela na posição de frango assado e coloquei de uma vez só sem dó entrou suave...pq ela estava muito lubrificada... ela ficou maluca travou suas pernas nas minhas costas que eu quase não me mexia apertando com muita força ergui ela e coloquei na posição do canguru subindo e descendo ela que ficou mais doida ainda...até que gozamos juntinhos....

Fiquei meio sem graça quando acabou mais ela veio e me deu um beijo na boca e mandou eu ficar quieto... me levou para o banheiro e me deu aquele banho de língua me chupava todo... transamos loucamente debaixo do chuveiro...ela ficou de 4 e pediu no cuzinho..mas p ir devagar pois nunca tinha feito. Chupei o seu cuzinho e coloquei devagar do nada ela veio com tudo e fico no ritmo forte rebolado e gemendo...


Anunciei que ia gozar ela foi e pediu na cara.. fiz questão de gozar na cara dela ela mandava chamar ela de puta ,vagabunda , cachorra...eu gozei e batia com o pau na cara dela e eu fiz meu papel.


Fiquei preocupado por causa do horário, ela me disse que não tinha problema pois sabia que o marido estava com a amante e não chegaria tão cedo
a partir daquele dia toda vez que ele saia com a amante eu comia a mulher dele!



Nenhum comentário:

Postar um comentário